Quando se compra um carro de US$ 3 milhões (lá fora), a existência de outro da mesma cor já é um problemão. E a Bugatti sabe disso há muito tempo. Tanto que desde o Veyron, a marca volta e meia lança uma edição especial de seus supercarros. Com o Chiron não é diferente. 

Das 500 unidades programadas do modelo para seu clico de produção, a marca fatiou esse volume em pequenas tiragens com que variam de 20 a 60 unidades. Tudo para garantir o máximo de exclusividade.

Mas sempre há quem quer um carro ainda mais exclusivo. E para isso ela criou o programa Bugatti Sur Mesure, que em bom português significa: “Bugatti Sob Medida”. Trata-se de uma divisão de customização de acordo com o gosto do cliente.

E o primeiro projeto do programa é o Pur Sport Grand Prix Edition. Esse Chiron foi elaborado a partir do Bugatti Type 51 (com o número de prova 32), que os pilotos Louis Chiron (que dá nome ao carro) e Achille Varzi venceram o Grande Prêmio da França de 1931. O carro recebeu a mesma tonalidade de pintura do bólido de corridas, assim como elementos que remetem à era de ouro da marca francesa no automobilismo. 

De acordo com o diretor Executivo de Vendas e Marketing da Bugatti, Hendrik Malinowski, a divisão foi criada para atender as demandas exclusivas de cada comprador. “Por muitos anos, temos trabalhado com nossos clientes para criar sua própria visão pessoal do carro hiper esportivo definitivo. Sempre foi um processo altamente personalizado. Nossos clientes costumam ficar profundamente intrigados com a linhagem do automobilismo da Bugatti, e é apropriado que a primeira comissão Sur Mesure deve homenagear um de nossos grandes ícones do automobilismo. Estamos tão entusiasmados com esta criação que pretendemos disponibilizar muitas das idéias deste cliente para mais de nossos clientes com o Chiron Pur Sport”, aponta.

O número 32 é aplicado nas portas, assim como nos encostos de cabeça dos bancos. Detalhes em vermelho na “fuselagem” e também no interior remetem à proposta da edição sob medida.

O acabamento é complementado com consoles e painéis em fibra de carbono expostos, combinados com peças em couro e camurça.

Sob o capô traseiro, não há novidades. E nem é preciso, afinal o Pur Sport Grand Prix Edition é equipado com o superlativo motor W16 8.0 (com quatro turbocompressores) de 1.500 cv e 160 kgfm de torque, combinado com uma transmissão de dupla embreagem e sete marchas e tração integral. 

Agora não existe mais a desculpa de não comprar um Bugatti, sob o risco de topar com outro igual na rua. É ou não é?

Leia Mais:
Teste: Fiat Mobi Trekking é bem equipado, bom na cidade, mas é caro demais