Em 30 janeiro de 1969, os Beatles fizeram sua última apresentação ao vivo, no telhado dos estúdios da Apple Corps, em Londres. Poucas pessoas, das janelas, sacadas e telhados conseguiram ver os Fab Four tocando. Da rua, só se poderia ouvir as execuções inéditas de “Get Back”, “Don’t Let Me Down”, “I’ve Got a Feeling”, “One After 909” e “Dig a Pony”.

Mas o documentário “Get Back”, de Peter Jackson, conseguiu compilar centenas de horas, num registro que se arrastou por aquele janeiro. E esse registro histórico foi utilizado para testarmos o televisor Samsung QN90A Neo QLED e barra de Som Q950A. A combinação desse televisor de 55 polegadas, com qualidade 4K, combinado com o sistema 11.1.4, que se traduz em 16 saídas de som, literalmente te transporta para o telhado onde os Beatles tocaram pela última vez.

A TV é a edição mais moderna da linha Neo QLED. Praticamente sem bordas em com a nova tecnologia de diodos de luz miniaturizados, a qualidade de imagem é absurda. O nível de contrastes impressiona e o sistema de ajuste automático permite que a imagem projetada sempre seja perfeita, independentemente da incidência de luz do ambiente.

A TV ainda oferece conexão sem fio, acesso a aplicativos de streaming e tudo que se espera de uma TV smart. 

Mas o que ofusca o brilho é a barra de som. Esse monólito, combinado com as caixas de fundo e o subwoofer entregam 616W de potência, que te leva para dentro de qualquer espetáculo. A conexão com cada elemento é sem fio, o a barra permite conectar não apenas o televisor, mas também telefones e computadores via Bluetooth.

O grande senão é o preço. A QN90A varia entre R$ 10 mil e R$ 12 mil, enquanto os preços praticados da barra giram entre R$ 7 mil a R$ 8 mil. Tudo pelos Beatles!