Aos 56 anos, morreu nesta quarta-feira (26) a cantora, compositora e pastora Ludmila Ferber.

No Twitter, a Sony Music Gospel, gravadora de Ludmila, lamentou a morte da cantora, que sofria de câncer no pulmão. "Infelizmente a nossa guerreira @pastoraludmilaferber nos deixou, mas aqui fica o seu legado, suas canções, seu exemplo, sua tenacidade, seu propósito, sua luta, sua fé, sua arte, sua poesia e sua história! Nossos sentimentos aos familiares".

O site oficial da cantora e pastora diz que, aos 20 anos, ela se converteu ao cristianismo e que, desde então, construiu sua vida dentro da igreja.

Ludmila Ferber lançou o primeiro álbum, intitulado Marcas, em 1996. Entre seus maiores sucessos, estão as canções "Sonhos de Deus", "Sopra Espírito", "Ouço Deus Me Chamar" e "Nunca Pare de Lutar".

Leia também:

Após sucesso nas redes sociais, mineira Manu completa 3 anos e ganha super festa com tema 'Encanto'
Henrique Portugal recebe Alexandre Nero em show no Mercado do Cruzeiro, em BH