Morreu na madrugada desta segunda-feira (1°), no Rio de Janeiro, o pianista mineiro de Boa Esperança, Nelson Freire, aos 77 anos. O músico estava em sua casa, e o motivo da morte ainda não foi divulgado.

Nelson teve contato com a música logo na sua infância. Com apenas 5 anos, fez seu primeiro recital, no teatro municipal de São João Del Rei, no Campo das Vertentes.

A partir daí, começou a colecionar recitais importantes durante sua caminhada, e, aos 12 anos, foi à Europa estudar música. Uns dos marcos de sua carreira foram apresentações em melhores orquestras do mundo.

Ele era ainda considerado um grande intérprete de Beethoven e Chopin, nomes bem importantes e reconhecidos na música. O músico também se tornou um dos maiores pianistas dos séculos 20 e 21.

(*) Estagiária sob supervisão da editora-adjunta Raíssa Pedrosa

Leia mais:
Interior: 'um álbum feliz e de esperança' é lançado de Minas para o mundo
Rock in Rio 2022 anuncia Coldplay como atração principal do Palco Mundo