Morreu, nesta sexta-feira (5), aos 26 anos, a cantora Marília Mendonça, após a queda do avião em que estava e seguia para show que realizaria em Minas. No auge da carreira, ela deixa um filho de um ano e uma trajetória de sucesso na música. 

Nascida em Cristianópolis e criada em Goiânia, Marília compôs algumas músicas para grandes nomes do sertanejo antes de ganhar o Brasil. Aos 12 anos, fez a sua primeira composição, “Minha Herança”, em parceria com a dupla João Neto & Frederico.

Depois vieram “Muito Gelo, Pouco Whisky”, conhecida na voz de Wesley Safadão e três músicas para a dupla Henrique & Juliano: “Até Você Voltar”, “Cuida Bem Dela” e “Flor e o Beija-Flor”.

Após o lançamento do DVD Realidade, em 2017, ela conquistou o Brasil com o hit  “Eu Sei de Cor”. O single consolidou o nome da cantora no mundo sertanejo e, a partir daí, o sucesso só alavancou.

O último trabalho da cantora foi o álbum “Todos Os Cantos”, que trouxe hits como “Todo Mundo Vai Sofrer”, “Supera”, “Ciumeira” e “Bem Pior Que Eu”. Pelo trabalho, a cantora ganhou o prêmio de Melhor Álbum de Música Sertaneja no Grammy Latino.

Leia mais:
Bombeiros confirmam morte de Marília Mendonça após queda de avião em Minas