O cineasta, político e jornalista Arnaldo Jabor, de 81 anos, está internado desde a última quinta-feira (16) no no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após um Acidente Vascular Cerebral (AVC) Isquêmico.

Segundo boletim médico divulgado na quinta pela unidade de saúde, "o paciente foi submetido a um procedimento vascular para desobstrução de coágulo e permanece em acompanhamento clínico ainda sob sedação". (Leia a nota na íntegra no final da matéria).

O Ministério da Saúde explica que o acidente vascular isquêmico, sofrido por Jabor, é responsável por 80% dos casos de AVC no Brasil. O  entupimento dos vasos cerebrais pode ocorrer devido a uma trombose, quando há formação de placas numa artéria principal do cérebro, ou por embolia, que ocorre quando um trombo ou uma placa de gordura originária de outra parte do corpo se solta e pela rede sanguínea chega aos vasos cerebrais.

Carreira
Com mais de 50 anos de carreira, Arnaldo Jabor já passou pelo cinema, jornal, TV e rádio. No currículo, o cineasta soma duas indicações ao prêmio Palma de Ouro do Festival de Cannes, na França, com "Pindorama" (1970) e "Eu sei que vou te amar" (1986) – a obra ainda rendeu o prêmio de melhor atriz para Fernanda Torres.

Boletim na Íntegra 
"O paciente Arnaldo Jabor foi admitido no Hospital Sírio-Libanês na tarde de quinta-feira, dia 16 de dezembro, com diagnóstico de evento cerebral agudo isquêmico. O paciente foi submetido a um procedimento vascular para desobstrução de coágulo e permanece em acompanhamento clínico ainda sob sedação".

Leia mais:
Ópera inspirada em obra de Fernando Sabino, 'Viramundo' estreia nesta terça no Palácio das Artes
Animação 'Poderoses' da MTV sobre orgulho e diversidade LGBTQIA+ foi criada em produtora mineira
Daparte celebra o lançamento do seu novo álbum com show especial em Belo Horizonte