Cantor consagrado, jurado do reality show de maior sucesso na atualidade na TV brasileira, e considerado por vários artistas do meio como um dos músicos mais boa praça do cenário nacional. Com todos esses atributos, Daniel volta a Belo Horizonte para comemorar com o fiel público mineiro os seus 30 anos de sucesso pela estrada. O cantor sobe ao palco do Chevrolet Hall neste sábado (01), em um espetáculo que, além dos hits, conta um pouco da história do sertanejo.

Nesta turnê, Daniel reúne os maiores hits da carreira, como: “Hoje eu sei”, “Rosto molhado”, “Só da você na minha vida” e “Minha estrela perdida” da época em que cantava ao lado do parceiro João Paulo, além dos clássicos “Adoro amar você”, ”Declaração de amor”, “Fale um pouco de você”, e das mais recentes “Maravida” e “Meu mundo e nada mais”.

Clique e ouça alguns sucessos de Daniel:

Também há um espaço para homenagear os amigos de The Voice Brasil - Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Lulu Santos - com “Amor perfeito”, “Tantinho” e “Assim caminha a humanidade”, que formam um potpourri em um momento bem animado do show.

Em entrevista para o jornal Hoje em Dia, Daniel falou sobre o futuro da sua carreira, sucesso, o reality show na Rede Globo, gostos musicais e a morte do parceiro João Paulo no auge da carreira da dupla. Confira abaixo a conversa:

Hoje em Dia: Completando 30 anos de carreira, por acaso já pensou em se aposentar ou dar um tempo nos shows?
Daniel: Já pensei sim, algumas vezes já pensei até em parar de cantar e conto isso na biografia que acabei de lançar, Daniel – Minha Estrada, que também faz parte das comemorações dos meus 30 anos de carreira. Hoje em dia, graças a Deus, sinto exatamente o contrário, que sou movido por fazer música, pelo contato com meu público, e enquanto eu tiver saúde para isso, estarei nos palcos.

HD: Você já vendeu mais de 13 milhões de discos e seu ultimo álbum foi um DVD em formato de musical. Como fazer para manter as vendas e seu ouvido neste mercado tão concorrido da música agora na era digital?
D: Realmente é um mercado que além de concorrido é de consumo rápido, descarta rapidamente as canções. Eu não acredito que exista uma regra mas o importante é se manter antenado a tudo que está acontecendo, e fazer o possível para que seu produto seja bem recebido. Não é fácil vender disco ou música hoje em dia, mas continuo priorizando a qualidade e o amor em tudo que faço, e o resultado vem como consequência.

HD: A sua presença no The Voice Brasil está ajudando a renovar seu público e mostrar uma faceta que talvez alguns fãs não conhecem?
D: Isso é bem curioso porque umas pessoas do Rio de Janeiro já me disseram isso, que no The Voice passaram a me conhecer de forma diferente. É sem dúvida uma oportunidade de nos mostrar muito mais, deixar transparente para as pessoas como somos e também que transitamos por todos os gêneros musicais. Esse é um programa de música de qualidade, não importa o estilo de cada um, estamos ali pela música boa!

HD: Qual música não pode faltar no seu celular ou no seu MP3 player?
D: Ultimamente tenho ouvido muita coisa, desde Marcos e Belutti até Michael Bublé, e sou muito saudosista, adoro ouvir umas modas de João Paulo e Daniel, toca no rádio eu aumento o volume e começo a recordar!

HD: A morte do parceiro João Paulo no auge da carreira da dupla, o que influenciou no profissional Daniel?
D: Eu sempre fui muito responsável mas talvez tenha tido um peso maior ainda de responsabilidade depois da partida dele. A gente dividia as decisões, trocávamos ideia sobre caminhos, apesar de sempre ter meu pai conosco nos orientando também, mas sem ele senti um peso maior.

HD: Como é o relacionamento com Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Lulu Santos na bancada do The Voice? A amizade fica um pouco de lado na hora de preparar o pupilo?
D: Nossa amizade e entrosamento são incríveis! Estamos lá com o objetivo de encontrar uma grande voz, não há disputa entre nós. Aquilo que vocês podem sentir através do programa é exatamente o que acontece, nos bastidores nossa relação é ótima.

Os ingressos para o show de 30 anos de Daniel em BH já estão disponíveis e podem ser adquiridos pela internet (www.ticketsforfun.com.br) e na bilheteria do Chevrolet Hall.

DANIEL
Data: 01 de novembro (sábado)
Horário: 22h
Local: Chevrolet Hall - Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – São Pedro - BH
Ingressos: de R$ 400 a R$ 30
Classificação etária:
14 e 15 anos: permitida a entrada (acompanhados dos pais ou responsáveis legais).
16 anos em diante: permitida a entrada (desacompanhados).
Site: www.t4f.com.br
Venda a grupos: grupos@t4f.com.br