A mineira Natália Deodato, participante do BBB 22, da TV Globo, teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais na madrugada desta quarta-feira (19). A ação gerou revolta em vários internautas, que lembraram que a divulgação de imagens de conteúdo sexual sem consentimento é crime previsto na Lei Nº 13.718/2018.

A equipe que gerencia as redes sociais da sister prometeu tomar as medidas cabíveis contra o responsável pela divulgação do conteúdo e pediu que os internautas denunciem todas as publicações que contenham o vídeo.

A ex-participante do reality, Lumena Aleluia, do BBB 21, usou suas redes sociais para declarar apoio à Natália e também pedir para que o conteúdo seja denunciado.

Sobre o compartilhamento das imagens, internautas repreenderam a atitude.

Leia Mais:
Bebê é encontrado morto dentro de sacola plástica em rua no Barreiro
Chuvas deixam mais de 55 mil pessoas fora de casa em Minas
Polícia Civil investiga sonegação fiscal que supera R$ 30 milhões no Vale do Aço