Como diretor que gosta de trabalhar expectativas em seus roteiros, o francês François Ozon recorre muitas vezes em seus filmes ao personagem do escritor, geralmente mostrado como uma vítima de sua imaginação fértil ou de um certo poder que a  escrita exerce sobre ele.

Em “Verão de 85”, em cartaz nos cinemas, o realizador trabalha esta figura como uma forma deexpiação. Por meio do texto, um adolescente em fase de descoberta sexual encontra a única forma de encarar o passado e revelar o que aconteceu durante um rápido e trágico caso de amor.

A ligação do garoto com o professor lembra “Dentro de Casa” (2012), de uma maneira menos preponderante na trama. Há uma relação de fascínio entre o docente e acriatividade e habilidade evidenciada por um garoto com a escrita, uma joia bruta cheia de vivacidade.

Em determinado momento de “Verão de 85”, usa-se o termo “sedução” para sintetizar esta relação. Em “Dentro de Casa”, porém, ela surge de forma manipuladora, motor das reviravoltas dentro da história. Na obra mais recente, é retratada num estado mais puro e voyeurístico.

É justamente este olhar voyeurístico que pauta a narrativa, que invoca o gênero dos amores de verão, com um belo cenário de fundo (o litoral é uma tônica em todos eles) e um desejo de se permitir a ultrapassar alguns limites, frente ao desconhecido,só que no campo homoafetivo.

David representa exatamente o desconhecido, um necessário mergulho nas profundezasíntimas de Alexis, um adolescente que se deixa conduzir incondicionalmente por aquele lhe salva a vida durante um passeio de barco. A imagem é muito simbólica – e, não a toa, também encerra o filme.

A escrita de Alexis serve para tirar-lhe a culpa e compreender, enfim, o que significou arelação com David, passando a enxergar a importância dele para encorajá-lo a libertar seus sentimentos. David se torna, por meio da escrita, um daqueles flertes de verão que guardamos num cantinho da memória.

Leia Mais:
Morre o cineasta mineiro Paulo Thiago, aos 75 anos
Angelina Jolie é uma das protagonistas de 'Alice e Peter: Onde Nascem os Sonhos'
Adiado pela pandemia, 'Velozes & Furiosos 9' será lançado no dia 24