A Filarmônica de Minas Gerais cumpre um sonho que vem desde a sua fundação, com a criação da Academia de Música, destinada à formação específica de instrumentistas para a atuação profissional em orquestras. O edital da Academia Filarmônica será aberto nesta segunda e seguirá até 6 de julho. Serão 17 vagas destinadas a instrumentistas residentes em Minas Gerais.

 “Entre a formação individual, ou mesmo universitária, desses músicos, há grande lacuna no que se refere à formação direcionada ao exercício competente da função de um músico profissional sinfônico”, afirma o maestro Fabio Mechetti, diretor Artístico e Regente Titular da Orquestra, idealizador da iniciativa, destinada a profissionais de 15 a 30 anos.

Tanto o edital como o formulário de inscrição e o repertório exigido para a inscrição estarão disponíveis no site da Orquestra.

Segundo Mechetti, a Filarmônica de Minas Gerais teve a “oportunidade histórica” de ser uma das poucas orquestras mundiais construídas, praticamente, do zero. “Em função disso, foi necessário, especialmente em 2008 e 2009 – primeiros anos da Orquestra –, realizar audições para preenchimento de mais de cinquenta vagas de músicos profissionais. Naquele processo, constatamos o imenso talento dos jovens músicos brasileiros, mas, também, o despreparo técnico de muitos deles para o trabalho em orquestra. A Osesp também constatou isso em sua reestruturação, há duas décadas. O processo de formação da Filarmônica de Minas Gerais só veio confirmar essa questão”.

O tempo passou, a Filarmônica passou a integrar o time de orquestras parceiras do Programa Vale Música em 2020 e, em 2021, será possível concretizar este importante objetivo da Filarmônica de Minas Gerais.

“Ficamos muito felizes por, agora, graças ao indispensável patrocínio do Instituto Cultural Vale, darmos vida a esse sonho antigo, com o anúncio da formação da Academia Filarmônica, visando, exatamente, suprir essa lacuna tão importante na vida profissional dos músicos”, destaca Mechetti.

Nos próximos meses, será implementada uma série de ações para identificar talentos musicais a serem trabalhados. “Desenvolveremos um trabalho sério e contínuo, que vem a complementar as inúmeras propostas educacionais da Filarmônica”, completa.

Como funcionará 

Para o ingresso na Academia Filarmônica serão aceitos instrumentistas com idade entre 15 e 30 anos, residentes em Minas Gerais. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 17 de maio e 6 de julho de 2021, somente on-line. O edital, o formulário de inscrição e o repertório estão disponíveis no site da Filarmônica, no endereço fil.mg/academiafilarmonica. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail academia@filarmonica.art.br.

Todos os jovens músicos selecionados para a Academia Filarmônica receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 1.500, a fim de contribuir com despesas pessoais relativas a transporte, alimentação e manutenção do instrumento.