Nomes importantes do cenário da MPB, Arnaldo Antunes, Otto e Pedro Luis são as principal atrações da programação cultural do Instituto Inhotim em 2021. Os organizadores prometem um formato audiovisual que irá muito além da gravação dos shows, realizando uma fusão da música com as artes plásticas, a natureza e a arquitetura.

As performances acontecerão a partir de 29 de maio, no canal da instituição no YouTube, com os artistas convidados se apresentando em lugares diferentes do Instituto. A ideia é usar os três pilares curatorias do museu localizado em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, como linhas mestras. O ojbetivo é fazer com que os repertórios dialoguem com os espaços, gerando produtos audiovisuais transdisciplinares.

"Estamos explorando as possibilidades que o ambiente virtual nos apresenta e garantindo acessibilidade a um número de pessoas que, a priori, não seria possível alcançar pessoalmente. A iniciativa de não gerar aglomerações em shows presenciais faz parte de uma abertura gradual e responsável da instituição para proteger a saúde e a segurança de todos", explica Antonio Grassi, diretor-presidente do Instituto.

Arnaldo Antunes abre a programação na galeria Psicoativa Tunga.  Autor de "Teresa", uma das canções que ecoa no espaço, o artista se emociona ao falar sobre a experiência de expressar sua relação com o artista nessa produção audiovisual formulada com conceito e pensamento estético exclusivos para tal.

"Esse projeto foi um presente para mim nesta quarentena. Tenho a sensação de que entrei num templo sagrado e profano ao mesmo tempo, como era próprio do Tunga: inventar uma simbologia que toca muito a gente. Estar aqui também me traz muitas lembranças do artista, que tinha uma personalidade muito agradável", registra.

Programação

Arte: Arnaldo Antunes - 29/5
Gravado na galeria Psicoativa Tunga.

Botânica: Otto - 17/7
Gravado na Estufa Equatorial.

Arquitetura: Pedro Luís e Orquestra de Câmara Inhotim - 14/8
Gravado na galeria Cosmococa.

Serviço
O Instituto Inhotim está de portas abertas aos visitantes às sextas, sábados, domingos e feriados, com limitação da capacidade de público (500 pessoas), uso de máscara e álcool em gel, entre outras medidas. Lembrando que o parque está sujeito à capacidade máxima, e os ingressos devem ser adquiridos antecipadamente on-line pelo Sympla, tiqueteira oficial do Inhotim. Confira no site todas as regras de visitação

Ingressos Inhotim
Inteira: R$ 44
Meia: R$ 22

Na última sexta-feira de cada mês (exceto em feriados) a entrada é gratuita. Para quem puder visitar o instituto em mais de um dia, os passaportes estão com preços atrativos, confira no site do Inhotim.

Para os moradores de Brumadinho cadastrados no programa Nosso Inhotim, todos os dias são de entrada gratuita.