Vender 350 mil cópias físicas de um livro em tempos de revolução digital não é tarefa fácil. Se a obra for a primeira publicação de um escritor as chances são ainda menores. Mas o improvável também acontece e o jornalista, palestrante e especialista em inovação Marcos Piangers está aí para provar. 

O catarinense de 39 anos que escrevia crônicas sobre paternidade para um jornal de Porto Alegre aceitou a proposta de transformar seus textos em livro em 2014, mas sem acreditar que o grande público se interessaria. “Fizemos um bolão na época e apostei que só venderia 200 cópias”, relembra sorrindo. 

Marcos Piangers

FENÔMENO - Sucesso na internet, Piangers falou para um teatro praticamente lotado no Sesc Palladium

Hoje, “O papai é pop” não é apenas um best-seller, com traduções para o inglês e espanhol, como está sendo transformado em filme, com previsão de lançamento para 2020. 

Enquanto a obra vai se tornando cada vez mais popular, os vídeos de Piangers em palestras e conferências falando sobre a importância da participação masculina na criação dos filhos também se tornam virais. 

Marcos Piangers

HUMOR - Piangers arrancou risadas da platéia durante praticamente toda a palestra

Com um discurso a favor da quebra de paradigmas da masculinidade e a favor da divisão de tarefas na criação dos filhos, o escritor caiu nas graças do público e desde então viaja pelo Brasil - e pelo mundo - difundindo a importância de pais participativos para as novas gerações. 

Na última terça-feira (22), Piangers esteve em BH para uma noite recheada de risadas - e também momentos de lágrimas - no Sesc Palladium. O autor conversou com o Hoje em Dia sobre a jornada de ser marido e pai de duas meninas, e conciliar tudo com a agenda movimentada.

Confira o bate-papo no vídeo abaixo: