O ano de 2017 marca um importante momento na história do Barão Vermelho. Ao mesmo tempo em que completa 36 aniversários, a banda volta à ativa com nova formação e fôlego renovado. Depois da saída de Roberto Frejat, em janeiro deste ano, o Barão convidou Rodrigo Suricato para assumir os vocais e cair na estrada, interrompendo um hiato de quatro anos sem shows. Neste sábado, o icônico grupo chega a Belo Horizonte, onde se apresenta no KMV Hall.

Exceto pelo novo integrante e pela ausência do percussionista Peninha, falecido em 2016, o Barão é o mesmo das últimas décadas: Fernando Magalhães (guitarra), Rodrigo Santos (baixo) e os cofundadores Guto Goffi (bateria) e Maurício Barros(teclados). 

Foi Barros, inclusive, quem fez o convite para Suricato ser a nova voz da banda. “No ano passado, o Frejat decidiu sair do grupo para dar continuidade à sua carreira solo. Quando começamos a pensar em alguém para ocupar seu lugar, sugeri o Rodrigo Suricato, com quem havia tocado no Nívea Rock Brasil”, relembra. “Todos aprovaram a ideia e eu fiz o convite. Para a nossa alegria, ele aceitou na hora”, completa o tecladista.

O tecladista pensa que a receita para superar adversidades e manter uma banda ativa por tantos anos é o amor pela música e pela criação coletiva. “Quando o Cazuza seguiu carreira solo, em nenhum momento pensamos em desistir da banda. Agora é a mesma coisa. Estamos convictos e felizes de poder tocar esse repertório que construímos ao longo de décadas e reencontrar nosso público”, frisa. 

O tecladista ressalta, ainda, que o Barão tem tudo para crescer com o novo vocalista. “A chegada do Rodrigo Suricato, que ganhou um Grammy Latino no ano passado como melhor disco de rock brasileiro, trará novas possibilidades para o som do grupo”, diz. “Já começamos a compor e a ideia é lançar um álbum de inéditas no ano que vem”, adianta. 

O tecladista afirma que o show em BH contará com sucessos como “Pro Dia Nascer Feliz”, “Por Que A Gente é Assim”, “Por Você” e “Puro Êxtase”. “Quem for ao show vai ver cinco caras fazendo o que gostam de fazer. São décadas na estrada e a alegria de estarmos juntos é ainda maior. É só roquenrou, mas a gente gosta. E muito”, instiga.

Serviço: Barão Vermelho. Sábado, às 22h, no KMV Hall (av. Nossa Senhora do Carmo, 230–São Pedro). Ingressos: de R$ 40 a R$ 130.