Três semanas antes da estreia de "Rocky Horror Show", comentários de Claudio Botelho no Facebook causaram polêmica na internet. Ele e Charles Möeller discutiam sobre uma versão do musical feita recentemente pelo canal Fox e que tinha a atriz transgênero Laverne Cox no papel de Frank N Furter.

Botelho escreveu que "esse tipo de coisa [transexuais] tá se propagando porque os pais não batem mais nos filhos". "Falta surra", afirmou, dizendo que, desta maneira, "elas pelo menos sabem que é errado e vão dar para o amiguinho da escola pra se vingar, não ficam inventando que são trans, se dedicam logo a arrumar homem e param de querer holofote".

Depois da polêmica, o diretor se desculpou e afirmou que o que escreveu era em "tom de brincadeira". "Foi uma piada de mau gosto, num momento difícil", diz ele à reportagem. "Mas esse título de transfobia não me cabe em hipótese nenhuma porque eu sou o contrário disso. Parece que por uma frase esqueceu-se tudo o que eu fiz. Os nossos espetáculos são todos contra a intolerância."

Leia mais:

Comentários transfóbicos de Claudio Botelho causam polêmica na internet