Será aberto oficialmente neste sábado (6) o Museu do Sexo Hilda Furacão, em Belo Horizonte. O objetivo é promover a convergência e difusão de ações culturais em torno do sexo e estão programadas atividades em espaços diversos no Centro da cidade. A iniciativa conta com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

O Museu propõe viagens psíquicas, sociais, humanas e espirituais pelos labirintos da sexualidade, em diálogo com reflexão e valorização do patrimônio cultural e artístico. 

Francilis Umbral/Divulgação

A programação de inauguração terá início às 15h com a exposição "Atentado ao Puder ou Top Less", que contou com curadoria de Maria Eugenia Cordero e Santiago Rueda. A exposição ficará no Shopping UAI. A partir das 17h começa um cortejo percorrendo pontos nos hoteis na rua Guaicurus, passando também pela FUNARTE, Casa do Conde e IPHAN. 

Para finalizar a programação de inauguração, no domingo (7) está programado um "Toplessaço", no terraço do Hotel Montanhês, no Centro da cidade. 

Leia mais

BR-381 será interditada no final de semana; saiba onde
Três mil vagas abertas em cursos de capacitação à distância para profissionais do sistema prisional
Mulher que chamou militar de "macaco" em Contagem é condenada a prisão