A jornalista Sandra Moreyra morreu nesta terça-feira (10), aos 61 anos, no Rio de Janeiro. A repórter da TV Globo enfrentava o terceiro câncer em sete anos, diagnosticado em outubro deste ano.

Sandra era casada com o arquiteto Rodrigo Figueiredo, tinha dois filhos, Cecilia e Ricardo, e um neto, Francisco.Ela era irmã da também jornalista e diretora da GloboNews, Eugenia Moreyra.

Em 40 anos de profissão, Sandra participou de importantes coberturas jornalísticas, como a morte de Tancredo Neves, o Plano Cruzado, o acidente radioativo em Goiânia, a tragédia do iate Bateau Mouche, a Rio-92, a chacina de Vigário Geral e a ocupação do Complexo do Alemão.

O velório será nesta quarta-feira (11), às 12h, no Cemitério Memorial do Carmo, no Rio.