Um evento no qual gritar “Toca Raul” não será problema algum. No próximo dia 14 de novembro, a capital mineira será palco do “Baú do Raul”, tributo aos 70 anos de nascimento do “Maluco Beleza”. E o Mineirinho foi o local escolhido para abrigar shows e uma exposição de fotos e manuscritos de Raul Seixas. “Inicialmente seria somente o show ‘Baú do Raul’, mas ampliamos para um festival, com bandas locais”, relata a coordenadora de produção Fabiana Bergamini.

Bandas como Falcatrua, Velotrol, Uai Horses, Balão Vermelho e Concreto estão na programação que antecede o show “Baú do Raul” – que, por sua vez, terá músicos da banda Plebe Rude nos vocais. Serão nove horas de música para um público estimado em 12 mil pessoas.

Idealizado pela ex-mulher de Raul, Kika Seixas, o show foi realizado pela primeira vez em 1992, no Rio de Janeiro. “Minas tem uma cena rock muito forte e difícil de achar em outros lugares. É uma alegria ter esse evento aqui”, diz ela, que veio a BH especialmente para o lançamento do projeto, nessa quarta.

Sobre o tal baú, Kika revela: “Ele sempre teve a mania de guardar tudo em um. Falava: ‘Posso me separar, ficar sem apartamento ou carro, mas o baú, ninguém leva’”. Para marcar os 70 anos de Raulzito, Kika conta, ainda, que, em 2017, será produzido um longa e uma grande exposição, em São Paulo.

SERVIÇO

“Baú do Raul” – Dia 14/11, às 15h, no Mineirinho. De R$ 25 a R$ 150. Informações: 3243-3352