Não é lenda. A vontade de aquecer o corpo é proporcional ao desejo de usar fragrâncias mais intensas. “Todo o inverno temos uma procura maior por fragrâncias eau de parfum. Perfumes mais fortes e densos dão a sensação de estarmos aquecidos, de proteção”, fala com propriedade Sada Felga, diretora comercial do site de perfumes Época Cosméticos. De fixação mais intensa, os eau de parfum são fabricados com matérias-primas mais encorpadas, como madeiras, especiarias, flores e notas gourmands: caramelo, chocolate, etc.

Para a gerente de Treinamento L’Oréal Luxe, Ursula Bandeira, no frio, o passaporte é livre para ousar, ou seja, o uso de perfumes mais fortes está liberado. Vale lembrar que a força do perfume depende exclusivamente da concentração de fragrâncias e matérias-primas utilizadas na sua concepção. “No sentido literal, a palavra perfume aplica-se somente ao extrato, o tipo de mistura que contém a mais alta concentração de fragrância e menor teor de álcool. Este fator é o determinante na nomenclatura dos mais leves ao extrato”, informa Andreia Mirón, coolhunter e coordenadora do curso de pós-graduação “A Cultura do Perfume” da Faculdade Santa Marcelina (FAS-SP).

Se no verão, a preferência é por cheiros mais leves, bastou cair a temperatura que desejamos essências mais fortes e intensas. Entre os lançamento deste inverno que prometem seduzir olfatos mais sensíveis, Sada Felga aponta o Vip Rosé, de Carolina Herrera. “Uma fragrância sofisticada, amadeirada e floral com concentração eau de parfum”. Na lista de Sada figuram ainda Sì, de Giorgio Armani; Valentino Uomo, fragrância masculina de Valentino, e a edição limitada Aura of Love, da marca Swarorovski.

Na fonte de inspirações para as mais recentes criações, a onda retrô também fisgou a perfumaria, na opinião de Ursula. “São perfumes feitos com matérias-primas naturais e de forma quase totalmente artesanal. Tudo é pensado: o design do frasco, a composição de cores, a porta-voz”, afirma, acrescentando que fragrâncias lançadas recentemente, como La vie est belle (Lancôme), Sì e Amor Amor in a flash (Cacharrel) se encaixam neste perfil.

Há que se levar em conta, porém, que a fragrância que combina comigo pode não agradar a você, e vice-versa. É como estilo de vestir, cada um tem o seu. Uma boa dica é fazer o teste, experimentando a fragrância na pele ao longo do dia. A sua reação diante do cheiro que fixou na pele é que vai servir como termômetro na hora da escolha.