Peças sacras dos séculos 18 e 19, importantes para a história e memória da cultura mineira, integram a exposição “Patrimônio Recuperado”. A mostra – com cerca de 150 objetos – será inaugurada nesta quarta (4), às 19h, porém, estará aberta ao público a partir desta quinta (5), às 10h, na Sala de Exposição Temporárias do Museu Mineiro, ficando em cartaz até 20 de julho. A entrada é gratuita.

A superintendente de Museus e Artes Visuais da Secretaria de Estado de Cultura, Márcia Renó, destaca a importância desses objetos, e a sua recuperação para a memória dos mineiros. “Todas essas obras têm importância artística e histórica para a memória cultural do Estado. Representam parte da cultura da comunidade”, avalia.

É necessário ressaltar que esses objetos foram apreendidos em ações do Ministério Público de Minas Gerais ao longo dos últimos dez anos. “A gente vai exibir esse acervo como oportunidade de reconhecimento e identificação dessas peças recuperadas, no intuito de que sejam devolvidas aos locais de origem”, explica Renó. 

A mostra é, assim, fruto dos esforços conjuntos da Secretaria de Estado de Cultura, com o Ministério Público e o Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA/MG). 

Na coleção de peças de arte sacra encontram-se objetos litúrgicos, elementos artísticos integrados, imaginários (imagens de santos), esculturas, crucifixos e ourivesaria. 

Márcia Renó diz que as obras não foram restauradas, mas passaram por um processo de higienização feito pela própria Secretaria de Estado de Cultura e pelo IEPHA/MG.

Para a superintendente, a exposição servirá também para as pessoas refletirem sobre a necessidade e a importância da preservação da cultura. 

“Essa é uma ação de preservação e orientação para o público refletir sobre a importância de se preservar a memória cultural do Estado”, explica.

A mostra integra as comemorações do Ano do Barroco Mineiro e já antecipa as efemérides em torno do Bicentenário de Morte de Aleijadinho. 

Patrimônio Recuperado. A mostra será aberta ao público nesta quinta (5) e vai até 20 de julho. De terça a sexta, de 10 às 19h; Quintas, de 12 às 21h; Sábado e domingo, de 12 às 19h. Na Sala de Exposições Temporárias do Museu Mineiro (av. João Pinheiro,342, Funcionários). Entrada franca.