O juiz da 2ª Vara da Família, em Olaria, no Rio de Janeiro, determinou que Naldo pague ao filho de 16 anos, Pablo Jorge, uma pensão alimentícia mensal de R$ 25 mil. Além do valor, foi também estipulado que o cantor comece a realizar os depósitos ainda neste mês.

"Naldo está bem tranquilo e confiante na Justiça. Se fosse colocar na ponta do lápis, ele paga um valor bem maior para o filho e a ex-mulher, Branka Silva, se levarmos em conta o aluguel e as despesas como roupa, alimentação... Naldo está separado de Branka há quatro anos e nunca deixou de dar dinheiro a ela e ao filho", informou a porta-voz do famoso, Cris Campos, em entrevista ao jornal "Extra".

Branka e Naldo travam, desde o início deste ano, uma batalha judicial por conta da pensão alimentícia de Pablo.

Em setembro, o cantor chegou a ser notificado pela Justiça por dever R$ 90 mil, referentes a três meses de pensão em atraso. Dias antes do casamento com Moranguinho, no entanto, ele depositou R$ 30 mil, evitando a prisão.

Segundo o colunista Leo Dias, do jornal "O Dia", durante o julgamento, Naldo argumentou que sua imagem "ficou muito desgastada por conta das brigas judiciais". O advogado de Branka, Thiago Nicolay, rebateu, dizendo que o famoso ostenta demais. O cantor respondeu: "Já não ganho mais tão bem assim!"