O ator Freddy Allan Galembeck, popular quando criança pelo personagem Zequinha do "Castelo Rá-Tim-Bum", entrou com uma ação na Justiça do Trabalho contra a Fundação Padre Anchieta, responsável pela TV Cultura. A informação é da colunista do jornal "Estado de São Paulo", Cristina Padiglione. Ele reivindica parte dos lucros sore a venda de produtos licenciados no programa.

Segundo a coluna, o juiz Renato Guanaes Simões Thomsen, da 4ª Vara Cível, entende que produtos comercializados pela ré, (...) tem como origem uma relação de trabalho que o autor prestou à ré, na condição de ator do programa televisivo que ela produziu, sob orientação e supervisão dela." E prossegue determinando o encaminhamento da ação: "Isto posto, declino da competência para conhecer e julgar a presente demanda e determino a redistribuição a uma das Varas da Justiça do Trabalho da Capital."
 
O programa "Castelo Rá-Tim-Bum" foi lançado em 1994 e teve inúmeras reprises. Atualmente, é exibido pela Globo Internacional em diversos países. A atração virou filme, ganhou derivados como a "Ilha Rá-Tim-Bum", além de uma série de produtos licenciados. De acordo a colunista, a maior parte dos contratos do elenco não previa, entretanto, participação dos atores nos lucros da série.

 

Zequinha do "Castelo Rá-Tim-Bum" põe TV Cultura na justiça
O Zequinha cresceu e continua sendo ator (Foto:Facebook/Reprodução)