SEUL - A difusão do novo videoclipe do cantor pop sul-coreano Psy, "Gentleman", foi proibida na televisão pública sul-coreana, sob alegação de que pode "prejudicar a ordem pública".

Em um comunicado, a cadeia pública KBS acha que o clipe não cumpre com seus critérios de exibição e que algumas passagens podem representar um mal exemplo para os jovens.

"Proibimos formalmente todo material suscetível de prejudicar a ordem pública", declarou KBS.

Por su parte, a presidente do país, Park Geun-Hye, felicitou o cantor por ter aplicado escrupulosamente a lei de direitos autorais ao pagar uma soma não comunicada aos criadores do passo de dança que Psy retoma em seu videoclipe.

"Gentleman" foi lançado no sábado (13) na internet e nas primeiras 24 horas já alcançou os 20 milhões de acessos.