Política não se faz sozinho

Tiago Mitraud / 26/11/2021 - 16h48

Desde que assumi o mandato de deputado federal, tenho consciência do tamanho do desafio que é representar não só os 71.901 eleitores que votaram em mim, ou os 461.859 que votaram na chapa do NOVO em Minas, mas todos os que anseiam por uma nova forma de se fazer política.

E mudar a forma como a política é feita requer ter também a consciência de que este deve ser um trabalho coletivo. Por isso, desde a posse, tenho trabalhado para envolver pessoas que poderiam contribuir para expandir o impacto do mandato para além do gabinete.

O primeiro passo foi encontrar um parceiro alinhado neste mesmo objetivo, meu colega do NOVO e deputado estadual Guilherme da Cunha. O segundo, foi construirmos os programas que abriram as portas de nossos gabinetes para mais pessoas interessadas em mudar a política através da defesa das ideias liberais.

Já no início de 2019 lançamos o programa Embaixadores, onde voluntários são selecionados para nos conectar com a ponta, fazendo as demandas e anseios dos cidadãos chegarem a nós e potencializando políticas que consideramos positivas. Tudo isso enquanto identificamos e formamos novas lideranças políticas para o Estado.

Recentemente encerramos um novo ciclo de seleção de voluntários, e contamos agora com 109 embaixadores de 69 cidades, representando todas as regiões de Minas. Este ano, um dos principais objetivos do projeto foi a municipalização da Lei de Liberdade Econômica no Estado. Graças ao trabalho dos embaixadores, mais de 40 municípios mineiros tiveram acesso ao Guia da Liberdade Econômica, que contribui para reduzir o entulho burocrático do Estado e trazer mais liberdade para o mineiro empreender e gerar emprego e renda.

No ano passado resolvemos ir além. Por melhores que nossos voluntários fossem, também precisamos de mais liberais em cargos eletivos. Assim, nos propusemos a identificar e apoiar políticos que compartilhassem de nossos ideais e forma de atuação. Selecionamos 17 candidatos, dos quais 8 foram eleitos, a maior taxa de sucesso das iniciativas de renovação política do país. Desde então, eles participam da rede de apoio a vereadores e prefeitos Liberta Minas.

Nesta semana, buscando expandir o programa, finalizamos a seleção de novos vereadores, também eleitos em 2020, e outros 5 estão ingressando no time. Os prefeitos e vereadores que integram a Rede se comprometem a expandir as ideias de liberdade e de renovação política em sua cidade e assumem compromissos como não realizar barganhas políticas com os demais parlamentares e Poderes, não utilizar dinheiro público em campanha, fiscalizar os demais Poderes e órgãos, selecionar sua equipe a partir de critérios técnicos e zelar pela responsabilidade fiscal. 

Por um lado, sabemos que ainda somos poucos, e há muito trabalho pela frente. Por outro, é um alento ver que, mesmo em um cenário de pouca esperança em muitos políticos, dezenas de mineiros estão, junto conosco, se dedicando para mudar a forma de se fazer política, em Minas, e no Brasil. A todos os nossos voluntários e parceiros, o meu muito obrigado! A política brasileira precisa de vocês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários