Doces e azeites

Azeite-se / 21/09/2019 - 06h00

A comida é uma base para entender o Brasil e, em especial, o Brasil do açúcar. No livro Açúcar (1939), Gilberto Freyre oferece ao leitor uma viagem mostrando as receitas dos bolos como importantes referências sobre os lugares, sugerindo um entendimento de terroir açucarado do brasileiro.

Tinha razão! O açúcar faz parte do nosso cotidiano e nada melhor que combiná-lo com azeites. Na Espanha, por exemplo, no café da manhã, há mais de 40 anos há uma tradição: comer pão, azeite e chocolate. Combinação deliciosa e saudável, como justificam os espanhóis que seguem a dieta mediterrânea. Lá, o uso do azeite é amplo e não se restringe a pratos salgados. Em Portugal, o pudim de azeite e mel com raspas de limão é também uma tradição.

Com os sabores intenso, frutado, suave, doce, amargo e picante, os azeites são versáteis e devemos explorar isso nas receitas culinárias. Por se tratar de um ingrediente que proporciona forte influência no resultado final das preparações, não podemos utilizá-lo sem uma escolha cuidadosa. Para as receitas mais leves, os mais suaves, frutados; para preparações com ingredientes mais fortes, prefira azeites mais encorpados e de sabores mais intensos. 

Por influência dos imigrantes europeus, o azeite está presente como ingrediente em várias receitas brasileiras. Tendo muito a oferecer em sabor, pode ser usado em sobremesas. Experimente uma bola de sorvete com um fio de azeite e se surpreenderá! E Goiabada com azeite? Fica deliciosa essa combinação!

Com mais de 100 anos de história, fundada em 1870, a Fazenda Irarema, localizada entre 1200 e 1500 metros acima do nível do mar, na Serra da Mantiqueira, entre Minas e São Paulo, inicialmente se dedicava à cultura do café –empresa de estrutura familiar, em que cada um dos irmãos cuida de um setor da fazenda sob o zelo e orgulho dos pais Maurício e Mônica. 

Recentemente, eles investiram no plantio de oliveiras e a produção de azeite extra virgem. Os irmãos Moacir e Gabi dedicam 100% do seu tempo à olivicultura: ele, no campo e na produção do azeite; ela, no administrativo e na elaboração do Brunch com produtos locais e produzidos na própria fazenda, como coalhada, queijos, geleias, frutas, sucos – servido aos sábados e domingos, na loja da fábrica da Fazenda. 

Com mais de 20 mil oliveiras plantadas, o azeite Irarema teve a sua alta qualidade comprovada com o prêmio “Best in Class”, em Nova York, sendo considerado o melhor azeite do mundo na categoria Blend Delicate, algo inédito até então para os azeites brasileiros. 

O que é produzido na fazenda, que, vale ressaltar, é a primeira no Brasil com energia solar gerando 78 KW por hora, correspondente a duas vezes o necessário para se manter diariamente, e inspirou Lili, a terceira das irmãs, a criar receitas de doces e sobremesas. 

O segredo para substituição de manteiga por azeite numa receita, diz ela, é fazer as conversões: 1 colher (sopa) de manteiga por 2 colheres (sopa) de azeite de oliva resulta em delicada harmonização, ressaltando os sabores das frutas e agregando aroma às sobremesas.

O nosso terroir adocicado, como dizia Gilberto Freyre, ganha sabores, texturas delicadas e aromas ressaltados quando servimos doces com um fio de azeite. Motivos não faltam para incluir o produto nas próximas sobremesas e doces que provarem. Essa inusitada combinação é deliciosa! 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários