Após ser agredida e perseguida pelo companheiro em uma festa, uma mulher de 21 anos matou o homem com um golpe de faca, tentando se defender. O crime ocorreu na madrugada deste sábado (11), em Raposos, na região metropolitana de Belo Horizonte, durante uma festa na casa de uma amiga do casal. 

Segundo testemunhas e a vítima dos ataques, o homem, de 31 anos, havia bebido demais e usado muitas drogas. Em um momento, ele teve um surto de ciúmes e começou a ficar agressivo com a companheira, a agredindo com socos e chutes. A mulher conseguiu escapar e se esconder no banheiro da festa. 

Enquanto isso, o homem foi até a casa dele, pegou um revólver e uma faca, voltou para a festa e se deparou com o portão fechado. Aos berros, ele atirou na entrada da residência, gritando que iria matar a namorada. 

Com medo de novos tiros, as pessoas abriram as portas e o deixaram entrar. A mulher continuava escondida no banheiro enquanto ele quebrou os móveis da sala e colocou fogo na cortina do cômodo. Em seguida, o homem subiu até o segundo andar, destruiu o armário da dona da casa e rasgou as roupas que estavam no local.

Procurando pela companheira, ele arrombou a porta do banheiro e tentou atacá-la com uma faca. Ela correu para debaixo da mesa da cozinha e foi golpeada pelo namorado no braço, nas mãos e na perna. 

Neste momento, a faca caiu no chão, e a mulher a pegou e o golpeou no pescoço. Ele foi levado até o posto de saúde de Raposos, mas não resistiu ao ferimento. 

A vítima foi socorrida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Lima. A perícia isolou a casa onde a festa ocorreu, mas não encontrou o revólver utilizado no crime. A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes (Ceflan 3) da Polícia Militar.