Nesta terça-feira (14), a secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) iniciou a distribuição de 323.815 doses da vacina da Janssen contra a Covid-19 para 857 municípios (confira a lista completa).

Para Belo Horizonte foram disponibilizadas 39.765 unidades da vacina do laboratório que pertence à Johnson&Johnson.

Os imunizantes fazem parte do lote 73 que foi enviado pelo Ministério da Saúde e serão destinados para reforço das pessoas que receberam a primeira dose da Janssen no estado, com intervalo de dois a seis meses. A medida não se aplica a gestantes nem a puérperas, que deverão utilizar como dose de reforço o imunizante Pfizer, esclarece a secretaria.

Segundo a SES-MG, como o repasse dos imunizantes é feito pelo Ministério da Saúde, o órgão federal encaminha junto a previsão do público que deve ser vacinado. Contudo, a secretaria esclarece que os municípios têm autonomia na operacionalização da campanha, seguindo as recomendações do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, estabelecendo o planejamento da imunização conforme a realidade da cidade.

Até esta terça-feira, Minas Gerais já registrou mais de 33 milhões de doses aplicadas, com cobertura de 91,39% da primeira dose ou dose única para pessoas acima de 12 anos. Além disso, 82,21% da população nessa faixa etária está com o esquema vacinal completo (segunda dose ou dose única). Também já foram aplicadas mais de 2,1 milhões de doses de reforço.

 

Leia também:

Prefeitura de BH convoca pessoas de 50 e 41 anos para segunda dose da Janssen; confira calendário
Segundo pesquisa da CNI, 65% dos brasileiros são favoráveis à exigência de comprovante de vacinação
Análises de amostras da variante Ômicron em Minas devem ser concluídas até esta quarta, diz Funed