Um homem suspeito de sequestrar a ex-namorada e matar um cão das Rondas Ostensivas Com Cães (Rocca) da Polícia Militar foi preso na manhã desta terça-feira (21), em Sarzedo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com informações preliminares da corporação, ele foi localizado, após denúncia anônima, em um ponto de ônibus da cidade. Detido, o homem foi levado para a Delegacia de Plantão de Betim, também na Grande BH.

Até o fechamento dessa matéria, a ocorrência seguia em andamento.

Sequestro

A jovem de 18 anos foi sequestrada e agredida pelo ex-namorado na noite da última quarta-feira (15) em Sarzedo. Além do homem, outros dois comparsas teriam participado do crime.

De acordo com a Polícia Militar, a mãe da vítima acionou a corporação depois que a filha não quis reatar o namoro e foi obrigada a entrar em um carro, junto com o ex. O trio estava armado, e fugiu do local com a jovem sob custódia.

Cão da PM morto

O cachorro policial, chamado Yno, ajudava na operação de buscas pelo homem que que havia fugido por um matagal após o sequestro. Durante a perseguição, o suspeito teria cravado uma estaca de madeira no animal.

Ele passou por cirurgia para a extração do objeto, mas sofreu uma grave infecção e uma parada respiratória e morreu dois dias depois, na última sexta-feira (17).

Leia mais:
Jovem de 18 anos é sequestrada e agredida pelo ex-namorado em Sarzedo; homem não foi encontrado