A volta para casa será reforçada no metrô de Belo Horizonte nesta segunda-feira (22), primeiro dia da greve dos ônibus, que terminou sem acordo e será mantida na capital.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que mais trens foram disponibilizados para atendimento à população e que o atendimento no horário de pico, com intervalo de sete a 10 minutos, será estendido de acordo com a demanda monitorada pelo Centro de Controle Operacional.

Segundo a empresa, nesta manhã, de 5h15 às 12h, houve um aumento de 10 mil pessoas no sistema, em relação à última terça (16).

A compahia disse ainda que continuará monitorando o quantitativo de usuários por faixa horária e, sempre que necessário, haverá acréscimo de trens ou diminuição dos intervalos entre as viagens, de acordo com as necessidades operacionais.

Horários

As bilheterias do metrô funcionam das 5h40 às 23h e as estações estão abertas das 5h15 às 23h, para quem já possui cartão ou bilhete.

Em dias úteis, o intervalo dos trens é de sete a 10 minutos em horários de pico e 15 minutos nos demais. Aos sábados, o intervalo é de 15 minutos nos horários de pico e 20 nos demais. Já nos domingos e feriados, o intervalo é de 20 minutos.

Leia mais:
Com a greve dos ônibus, metrô registra 10 mil passageiros a mais nesta segunda-feira
Audiência entre empresas e trabalhadores é remarcada para terça e greve dos ônibus continua em BH