Um homem de 30 anos e um adolescente de 16 foram detidos pela Polícia Militar, na noite dessa segunda-feira (18), por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e corrupção ativa após tentarem subornar policiais. A ocorrência foi registada no bairro Nazaré, região Nordeste de BH, após denúncias apontarem a prática de tráfico no local.

Com as características dos suspeitos, os policiais flagraram o adolescente na rua Padre Argemiro com um revólver calibre 22 na cintura e oito buchas de maconha no bolso, além de R$ 76 em notas de valor baixo. Os militares encontraram, ainda, um molho de chaves no bolso do suspeito, que segundo ele seriam de casa.

Outras denúncias anônimas apontavam que o menor de idade era gerente da boca, o que levou os agentes até a casa dele em busca de outras evidências. Chegando no imóvel, foram atendidos pelo homem de 30 anos, que, ao ver os policiais, deu sinais de que fugiria na primeira oportunidade, conforme relatado no Boletim de Ocorrência.

Os militares entraram na casa e encontraram R$ 5.866 em dinheiro em um quarto, valor que o suspeito que estava na casa afirmou ser proveniente da venda de um lote na região. Ao perceberem que seriam presos, os dois ofereceram uma arma aos agentes.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, eles afirmaram que o "pagamento" estaria em uma Kombi estacionada nas proximidades e os policiais fingiram aceitar. Pouco tempo depois, o adolescente recebeu um telefonema confirmando a entrega da arma.

Chegando na Kombi, os policiais se depararam com um revólver calibre 32 no local acordado e detiveram os suspeitos também por corrupção ativa.