Um homem de 45 anos foi preso e outro de 37 morreu após serem flagrados com 25 toneladas de carne roubada em Leopoldina, na Zona da Mata de Minas. A Polícia Rodoviária Federal foi responsável pelo flagrante, que aconteceu na noite dessa segunda-feira (10).

Segundo a PRF, os agentes realizavam fiscalização de rotina no km 768 da BR-116 quando abordaram um veículo, mas o motorista desobedeceu o sinal de parada e fugiu. Atrás dele estava uma carreta, cujo condutor também tomou atitudes suspeitas ao perceber que seria abordado. O homem, de 45 anos, parou o veículo bruscamente e o passageiro, de 37 anos, fugiu.

Durante a fuga, o passageiro acabou caindo em uma vala de cerca de dois metros de altura. O suspeito foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital em Leopoldina. O motorista foi preso em flagrante e os ocupantes do primeiro carro abordado ainda não foram localizados.

A carreta onde os suspeitos estavam tinha as placas do cavalo trator e do semirreboque diferentes. A do cavalo era do Rio de Janeiro e a outra era do Espírito Santo. Dentro do compartimento de carga, a PRF encontrou 25 toneladas de carne que tinham sido roubadas em Ibiraçu, no Espírito Santo, na última quarta-feira (5). O valor da carga é estimado em R$ 400 mil reais. Além da carne, foram recuperados cerca de R$ 20 mil reais em dinheiro e apreendidos celulares, um taser (arma de eletrochoque) e uma pedra de crack.