Com apenas sete dias desde seu início, o mês de agosto de 2018 já ultrapassa a média histórica de chuva, que é de 14,8 milímetros, em todas as regionais de Belo Horizonte, e a previsão para esta terça-feira (7) é de mais temporais. Os dados foram retirados de um relatório divulgado pela Defesa Civil da capital nesta terça-feira, depois de uma noite de chuva que causou destruição e prejuízo, com rajadas de vento que chegaram a 80 km/h e granizo em várias regiões da cidade.

De acordo com o relatório, as regiões que registraram, até agora, maior volume de chuva foram a Oeste, com 55,8 milímetros; Barreiro, com 49,4; e Leste, com 46 milímetros. 

Na noite de segunda-feira, a região que recebeu maior volume de chuva foi a Pampulha, que também registrou o maior número de ocorrências atendidas pela Defesa Civil, 14 de 27, mais da metade. Entre elas, alagamentos, destelhamentos, quedas de árvores, desabamento de muros e risco de destruição de casas.

Mais chuvas

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê mais precipitações para a capital e região metropolitana nesta terça-feira. Claudemir Felix, meteorologista do instituto, afirmou que, embora estejam previstas chuvas fortes e trovoadas, não há previsão de mais granizo. "O que aconteceu ontem foi um episódio raro em decorrência da ação de uma área de grande instabilidade que se estende pela atmosfera em todo o Estado", contou. Ainda segundo ele, foram registradas chuvas de granizo também em áreas do Vale do Aço.

Tempestade inesperada

Em nota, a Defesa Civil informou que está sem acesso às imagens do Radar Meteorológico, que possibilitam a previsão de eventos como esse e a emissão de alertas. "(...)o episódio de ontem foi considerado raro, de rápida formação e curta duração, não foi possível emitir um alerta especifico para ocorrência de granizo em Belo Horizonte", informou a nota do órgão.

Por meio de nota, o Instituto Mineiro de Gestão das Águas informou que "está em processo de adequação dos serviços de previsão meteorológica em seu site institucional para adaptação às vedações eleitorais". A previsão do Igam é que, ainda nesta terça (7), as imagens do radar meteorológico, a área para publicação de avisos e comunicados estejam disponíveis no hotsite criado para este período.

A chuva que atingiu a capital deixou vários estragos pela cidade e na região metropolitana. A Defesa Civil de BH atendeu 27 ocorrências, o Corpo de Bombeiros atendeu 11 em BH e Contagem e a Defesa Civil de Contagem auxiliou moradores em 15 ocorrências, sendo que em três delas moradias foram interditadas.

Leia mais:
Após temporal de granizo, BH amanhece com cenário de destruição e prejuízo
Temporal de granizo atinge várias regiões de BH nesta segunda; veja o vídeo