A menina Camila Gabriela dos Passos, de 11 meses, que se afogou em um balde e chegou a ficar cerca de 10 minutos desacordada, foi transferida para a enfermaria do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, nesta segunda-feira (21). Ela ficou 27 dias internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois de ser salva por três bombeiros, na manhã do dia 24 de dezembro do ano passado, em Ouro Preto, na região Central de Minas Gerais.

Segundo a assessoria do hospital, a garotinha passou, na última semana, por um procedimento de traqueostomia e, agora, respira sem a ajuda de aparelhos. O estado de saúde dela é estável, mas não há previsão de alta.

No dia do acidente, de acordo com o Corpo de Bombeiros, uma mulher ligou pedindo socorro dizendo que sua filha havia se afogado. No local, os militares encontraram a criança desacordada e sem sinais de vida.

De imediato os militares começaram os procedimentos de reanimação cardiopulmonar. Após alguns minutos, Camila Gabriela dos Passos conseguiu respirar e começou a chorar para o alívio da família. A menina foi levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, para exames.