Um homem de 39 anos fez a ex-namorada de refém, ameaçando-a com uma arma de fogo, em João Monlevade, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), a corporação recebeu uma denúncia anônima de que a vítima estaria sendo obrigada a permanecer na casa do ex-namorado, que não estava satisfeito com o término do relacionamento. O crime aconteceu nesse domingo (30).

De acordo com os militares, a vítima, de 31 anos, contou que o suspeito foi até seu local de trabalho exigindo a volta do relacionamento. Segundo os militares, quando a mulher se recusou a reatar a relação, o homem a ameaçou, obrigou que ela subisse em uma moto e saiu com a vítima. 

Chegando na casa do suspeito, segundo a PMMG, a mulher foi levada até um quarto, onde ficou sob ameaça de um revólver. Ela teria tentado fugir algumas vezes, mas não conseguiu. 

Quando os militares chegaram e fizeram um cerco à residência, a vítima aproveitou um descuido do ex-namorado e fugiu do imóvel, sendo amparada pelos policiais. De acordo com os militares, após negociação, o suspeito foi contido. 

Durante uma busca nos cômodos da casa, a polícia encontrou um revólver calibre .32, dentro de uma caixa de auto falante, com cinco munições intactas. Segundo a PMMG, também foram encontradas mais quatro munições de calibre .32, oito munições de calibre .765/32 e sete munições calibre .380. Aos militares, o homem informou que comprou a arma e as munições há três anos, em Belo Horizonte. Ele foi preso e conduzido à delegacia.

Leia também:
Gasolina passa dos R$ 7 em postos da Grande BH; preço médio é de R$ 6,90, aponta pesquisa
Motorista fica ferido após carro capotar e atingir duas casas na BR-262, em BH