Dois centros de saúde de Belo Horizonte vão funcionar em regime de 24 horas a partir desta segunda-feira (31) para atendimento de pacientes com quadros respiratórios leves. Conforme informou a prefeitura da capital mineira, a estratégia foi implantada nas regionais Pampulha e Venda Nova. A ampliação para outros locais será feita de forma gradativa e de acordo com a demanda. 

O horário será ampliado nas unidades de saúde Santa Mônica, na Pampulha, e Santa Terezinha, em Venda Nova. Nestes locais serão priorizados os pacientes com sintomas leves e moderados, como tosse, coriza, febre, dor no corpo e mal-estar. Não haverá aplicação de vacinas nos dois centros. 

Em relação aos quadros pediátricos, os atendimento serão realizados de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Após este horário e aos finais de semana de semana e feriados, será preciso procurar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que seguem em funcionamento normal.

A orientação é que os pacientes com casos de maior gravidade, como queda com torção ou fratura, forte dor no peito, vômito constante, dor abdominal e sangramento intenso, procurem as UPAs.

Confira abaixo os endereços das unidades com funcionamento 24h:

Pampulha

  • Antiga sede do Centro de Saúde Santa Mônica: rua dos Canoeiros, 320 - Santa Mônica.

Venda Nova

  • Centro de Saúde Santa Terezinha: rua Senador Virgílio Távora, 157 - Santa Terezinha.

Leia mais:
Disseminação da Ômicron deixa mais de 530 crianças doentes por dia em Minas
BH aplica quarta dose da vacina contra a Covid-19 nesta semana; confira calendário completo
PBH vai se reunir com representantes do comércio para discutir sobre funcionamento durante Carnaval