A chuva que atingiu Belo Horizonte no fim de semana segue sem dar trégua nesta segunda-feira (31). Segundo alerta emitido pela Defesa Civil nesta manhã, há previsão de pancadas de até 40 milímetros, acompanhadas de raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h.

O comunicado, válido até às 8h de terça-feira (1º), orienta que o belo-horizontino redobre a atenção e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões em momentos de forte chuva.  

Ainda segundo a Defesa Civil, a previsão meteorológica para hoje indica céu nublado a encoberto e temperatura máxima 27°C, com mínima de 19°C. A umidade relativa do ar deve girar em torno de 65% na parte da tarde. 

Veja todas as recomendações para o período chuvoso:

  • Redobre a sua atenção
  • Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas e próximo a córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial para áreas de encostas e morros.
  • Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se notar rachaduras nas paredes das casas ou o surgimento de fendas, depressões ou minas d’água no terreno, avise imediatamente a Defesa Civil.
  • Em caso de raios, não permaneça em áreas abertas nem use equipamentos elétricos.

Acumulado

A região Oeste da capital mineira foi a mais atingida pelas chuvas que atingiram a cidade em janeiro. Até a manhã desta segunda, a regional recebeu volume de água superior a 674 mm. Isso representa 205% do esperado para todo o mês. 

Veja o balanço:

  • Barreiro: 574 (174%) 
  • Centro Sul: 617,4 (188%) 
  • Leste: 524,6 (159%) 
  • Nordeste: 426 (129%) 
  • Noroeste: 468 (142%) 
  • Norte: 396,4 (120%) 
  • Oeste: 674,6 (205%) 
  • Pampulha: 423,2 (129%) 
  • Venda Nova: 379,4 (115%) 

Média climatológica janeiro: 329,1 mm

Leia mais:
Solo encharcado e previsão de chuvas resultam em alerta de risco geológico em BH
Todas as regiões de Minas têm previsão de pancadas de chuva e trovoadas nesta segunda
Prepare o bolso porque a semana começa com aumento de passagens de ônibus metropolitanos