O último fim de semana de janeiro deve ter movimento intenso de veículos nas rodovias que cortam Minas. Desta vez, a volta para casa irá exigir ainda mais atenção dos motoristas devido às armadilhas deixadas pelas fortes chuvas. São mais de 100 pontos com interdições. Além disso, há previsão de chuva em alguns dos destinos mais procurados, como o litoral fluminense.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) irá reforçar a patrulha nas pistas. Conforme balanço da corporação e da PM, rachaduras na pista, buracos, erosões, desmoronamentos de rochas e quedas de barreiras impedem a passagem de automóveis em 14 trechos. Com os bloqueios, condutores serão obrigados a utilizar desvios (clique aqui e veja os principais). 

Em alguns casos, o trajeto pode aumentar mais de 100 km. Caso da BR-381, principal rota de quem vem do Espírito Santo para Belo Horizonte. Os temporais fecharam a pista nos dois sentidos próximo a Nova Era, na região Central de Minas.

Os trabalhos para construção de um novo desvio – praticamente ao lado da interdição – devem demorar mais 15 dias, conforme o Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit). Não há prazo para o reparo na pista danificada.

Na BR-262, saída para o litoral capixaba, a rodovia está totalmente interditada na altura do Km 96, em Abre Campo, na Zona da Mata, por conta de um afundamento na pista. Também não há previsão para liberação. Ainda há outras 87 interdições parciais nas estradas mineiras.

A recomendação da PRF é que os condutores planejem bem o deslocamento antes de cair na estrada. Uma dica é recorrer aos aplicativos de trânsito. O inspetor Aristides Júnior, chefe da assessoria de imprensa do órgão, pede atenção especial principalmente para os trechos que ligam a Bahia e o Espírito Santo a Belo Horizonte.

Aqueles que vêm de São Paulo devem ficar atentos ao trecho da Fernão Dias, na altura do Km 527, em Brumadinho, na região metropolitana. Entre este sábado e domingo, das 23h às 5h, a via estará totalmente fechada na pista reversível para implantação de barreiras.

Previsão do tempo
Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o fim de semana será de tempo instável em quase todo o Estado, com possibilidade de pancadas de chuva e trovoadas isoladas nos dois dias, inclusive na capital. No Sul de Minas e na Zona da Mata, o tempo só deve fechar no domingo. O calor, por outro lado, persiste. Os termômetros vão permanecer entre 15ºC e 35ºC.

Veículos
Além das armadilhas nas estradas, motoristas devem ficar atentos para as condições dos veículos. Como por exemplo, os freios. Confira o estado das pastilhas, lonas, discos, tambores e fluido do sistema. Devem ser verificados a cada 10 mil km. Para saber, clique aqui e confira uma reportagem especial sobre o que não pode ser esquecido na revisão.

Leia mais:

Tira-dúvidas: como funciona o autoteste de Covid aprovado pela Anvisa?

BH amplia leitos para pacientes com Covid e indicadores de internação estão há 17 dias no vermelho