Mesmo com 10 novos leitos destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19, as taxas de internação em Belo Horizonte seguem no vermelho. Os dados são do boletim epidemiológico e assistencial divulgado nesta sexta-feira (28) pela prefeitura. 

De acordo com a administração municipal, seis vagas de enfermaria e quatro de UTI foram abertas. Os indicadores, entretanto, seguem com 82,0% e 84,4% de ocupação, respectivamente. Já são 17 dias consecutivos em nível máximo de alerta.

Por outro lado, o número médio de transmissão por infectado, o chamado RT, caiu de 1,14 para 1,12, mas segue na faixa amarela, considerada intermediária. Isso significa que 100 doentes transmitem a doença para outros 112 moradores.

Novas vagas
 
Em janeiro, a capital abriu 455 vagas de enfermaria para adultos e 29 pediátricos. Em relação às terapias intensivas, foram 48 para adultos e 20 para crianças.
 
“É imprescindível que a população continue mantendo todas as recomendações sanitárias como o uso correto de máscaras, evitar aglomerações, higienizar as mãos com frequência, além de manter a etiqueta respiratória e a situação vacinal em dia”, afirmou a PBH, em nota.

Leia mais:

Com mais de 40 mil doentes em 24h, Minas tem novo recorde de infectados por Covid
Crianças de 9 anos com comorbidades recebem a primeira dose da vacina contra a Covid, em BH