Boletim Covid Belo Horizonte 26/01/2022Enfermarias e UTIs estão mais vazias

As taxas de ocupação dos leitos de enfermaria e UTI destinadas ao tratamento da Covid-19 em Belo Horizonte registraram queda nas últimas 24 horas. O Boletim Epidemiológico divulgado pela Prefeitura da capital nesta quarta-feira (26) aponta que a ocupação de leitos de enfermaria saiu de 90.5% nessa terça-feira (25) para 82.2%, e o de UTI baixou de 88.5% para 82.1% em 24h.

Essa redução pode ter sido influenciada pela abertura, nessa segunda-feira (24), de 40 leitos de enfermaria exclusivos para infectados pelo coronavírus, e de 15 leitos de UTI para Covid nessa terça-feira (25). Ainda assim, os indicadores de monitoramento de ocupação permanecem no nível vermelho de alerta.

O boletim desta quarta (26) também mostra que a taxa de transmissão do novo coronavírus, representada pelo índice RT, está em 1,15. Ele aponta que a cada 100 pessoas infectadas, outras 115 podem contrair a doença. O ideal é que este valor seja menor do que um.

Infecção e vacinação
De acordo com os dados da PBH, até o momento, foram confirmados 311.541 casos de Covid-19 na capital mineira, sendo 5.746  em acompanhamento e 7.151 óbitos em decorrência da doença.

Em relação à imunização de pessoas com 12 anos ou mais, em BH, 94,2% já receberam a segunda dose ou dose única (Janssen). O reforço foi dado a 34,4% desse público.

Leia também
'Levem seus filhos para vacinar, pelo amor de Deus', pede Kalil após aumento de casos da Covid em BH
Após receber mais doses da Pfizer, BH amplia vacinação contra Covid e convoca crianças de 9 anos