O tráfego de veículos na BR-381, altura do km 321, próximo a Nova Era, interditado desde o dia 14 de janeiro após deslizamentos de terra provocar a quebra do asfalto, segue sem previsão de liberação. 

Um desvio estava sendo preparado pelo governo de Minas, mas o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), responsável pela estrada, informou que houve uma nova movimentação do talude e agora não há previsão de alternativa para o motorista.

O Estado tem nesta quarta-feira (26), 102 pontos de interdição nas estradas. O balanço atualizado da Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra todos os pontos que foram bloqueados parcial ou integralmente em decorrência das chuvas.

No total, são 16 pontos em que a via está totalmente interditada - um a menos que nessa terça-feira (25). Por outro lado, 86 pontos estão com retenção parcial - um a mais que o último reigstro.

Um dos destaques fica por conta da BR-262 em Abre Campo, na Zona da Mata. O local está totalmente interditado desde segunda-feira (24), e não tem previsão de liberação. Equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) estão no local para orientação de morotistas e indicação de rotas alternativas.

A orientação do Dnit é que motoristas procurem rotas alternativas para passar pelas regiões afetadas, sempre se atentando se o novo caminho é compatível com as dimensões do veículo.

Leia mais:
Em ano eleitoral, Bolsonaro joga tudo na PEC dos Combustíveis para conter novas altas
Mesmo com avanço da Covid-19, Brasil x Paraguai terá liberação total da capacidade do Mineirão