Nesta terça-feira (25), o rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale em Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, completa 3 anos. O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais segue trabalhando para encontrar seis vítimas que ainda estão desaparecidas. Já foram encontrados 264 corpos.

Em vídeo gravado pelo tenente Ricardo Torrezani ao Hoje em Dia, as técnicas de busca utilizadas pelos bombeiros foram explicadas e a corporação reforçou seu objetivo de manter os trabalhos na região até poder oferecer conforto para as seis famílias que seguem à espera das vítimas desaparecidas.

“A importância das buscas não pararem é justamente trazer esperança às seis famílias que ainda aguardam a localização ou identificação de seus entes queridos”, afirma Torrezani.

O tenente anunciou o início da “estratégia 8” nas buscas, com utilização de maquinário pesado.

“(A estratégia) consiste em grandes peneiras que realizarão a separação do rejeito fino do rejeito grosso. O rejeito grosso que é de interesse passará por várias esteiras que serão vistoriadas pelo Corpo de Bombeiros”, explica.

Veja o vídeo:

Leia mais:
Setores de comércio e serviços de BH temem possível lockdown e divulgam manifesto
Zema vai às redes sociais protestar contra aprovação do fundo eleitoral de R$ 4,9 bilhões