Mais de 56 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas por conta das chuvas que atingem Minas Gerais, segundo o boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual nesta segunda-feira (24).

De acordo com o órgão, 402 municípios decretaram situação de emergência por conta das precipitações recentes. Desde 1º de outubro, 25 pessoas morreram por consequência das tempestades no território mineiro. Os óbitos da tragédia de Capitólio, no Sul de Minas, não serão computados até o fim da investigação.

Ao todo, 7.735 mil moradores estão desabrigados, ou seja, necessitam de abrigo público, como habitação temporária, em função de danos ou ameaças de danos em seus imóveis. Outros 48.607 estão desalojados, se abrigando em casa de parentes ou amigos.

Segundo a Defesa Civil, até o fechamento do boletim, a Coordenadoria Estadual não recebeu nenhum comunicado referente a desastres ou eventos adversos ocorridos no estado nas últimas 24 horas. Em caso de emergência, o contato para socorro é o 199.

Previsão do tempo

Segunda-feira (24) será mais um dia típico de verão em Minas, com aumento de nebulosidade no decorrer do dia e temperaturas elevadas. As áreas de instabilidade se desenvolvem preferencialmente no Oeste, Sul e Jequitinhonha. Contudo, não se pode
descartar a possibilidade de chuva isolada no restante do estado. Em todas as regiões os termômetros devem superar os 30°C, podendo chegar a 35°C no Triângulo.

Leia mais:

Greve de empresa de ônibus de BH afeta 21 linhas nas estações Barreiro e Diamante; saiba quais
Rodovias mineiras têm 100 pontos de interdição; saída para o litoral será fechada ao meio dia