A polícia procura o suspeito de atirar diversas vezes contra dois amigos que chegavam a uma festa no bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), na madrugada deste domingo (23). O homem, de 26 anos, levou 25 tiros e morreu no local.

Já a mulher, de 24, ficou com um projétil alojado no pé esquerdo. Ela foi socorrida até o Hospital Nossa Senhora de Lourdes, na cidade, onde passou por uma cirurgia para a remoção da bala.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a jovem contou que ela e o rapaz eram amigos de infância. Ambos participavam de um evento quando um terceiro colega passou mal e a mulher pediu à vítima para levá-lo embora. Ao retornarem, no entanto, foram recebidos a tiros.

Ainda segundo a corporação, ela contou que o amigo teria descido do carro e dito ao atirador que era uma pessoa “do bem”, sem sucesso. Os disparos continuaram e o jovem foi atingido 25 vezes, a maioria na cabeça.

Já a acompanhante dele conseguiu se esconder ao lado do carro e pediu socorro assim que os tiros cessaram.

Quando os militares chegaram, conforme o boletim de ocorrência, o rapaz estava inconsciente e não resistiu aos ferimentos, morrendo ainda no local.

O carro da vítima foi periciado. No total, o veículo foi atingido por dez tiros. Uma janela do lado do motorista chegou a ser quebrada. Após a vistoria, o automóvel foi entregue ao pai do jovem.

A ocorrência foi registrada na Polícia Civil.

Leia também:
Homem é preso suspeito de estuprar as próprias filhas e coagi-las com uma espingarda em Minas
Policial é preso após atirar em funcionário de lava a jato durante discussão na Grande BH