Motoristas que passam pela BR-381, em Nova Era, na Região Central de Minas Gerais, devem continuar atentos às rotas alternativas. As equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) identificaram novo deslocamento do maciço e a continuidade de movimentação de terra no talude no mesmo local na sexta-feira, 21. Devido ao ocorrido,  a rota prevista para o desvio do trecho também foi comprometida.

No último dia 14, após as fortes chuvas que caíram sobre Minas neste mês, uma grande massa de terra do talude se deslocou pressionando a base da rodovia e estufando o asfalto da pista. Desde então, o tráfego no local está interditado.

Em nota, o Dnit informou que já atua para viabilizar a contratação dos serviços de construção do desvio do trecho da BR-381. Porém, a nova ocorrência comprometeu as áreas previstas para o desvio e a execução das obras só pode ser iniciada após a estabilização do local, para garantir a segurança das equipes e dos usuários da rodovia.

“Os técnicos continuam monitorando a ocorrência para início da construção do desvio, utilizando volume considerável de material pétreo, no menor prazo possível e de maneira segura. Especialistas em geotecnia do Dnit também realizam os levantamentos necessários para elaborar a solução definitiva do problema do eixo principal”, informa a nota.

De acordo com o Dnit, devido a gravidade do ocorrido e o transtorno causado à região, foi decretada emergência para o segmento, o que acelera o processo de contratação de empresa e implantação do desvio para início das obras. O Dnit afirma que o restabelecimento do tráfego será realizado em curto prazo, a partir da estabilização do maciço, mas não divulgou data de conclusão.

Leia mais: Motoristas ainda encontram 105 pontos de interdição em rodovias mineiras; saiba onde

Minas tem mais de 400 cidades em situação de emergência por causa das chuvas; veja lista