A distribuição da vacina CoronaVac, que será usada para imunizar crianças e adolescentes com idades entre  6 e 17 anos, começa na próxima segunda-feira (24) em Minas. A informação foi confirmada neste sábado (22) pela Secretaria de Estado de Saúde. 

De acordo com a SES-MG, o estado possui 351.256 doses da Coronavac armazenadas na Central Estadual da Rede de Frio e cerca de 60 mil estocadas nas regionais.

O uso do imunizante produzido pelo Instituto Butantan, em São Paulo, foi autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na última quinta-feira (20). Mas, de acordo com a agência, não pode ser aplicado em imunossuprimidos, que são pessoas com baixa imunidade. 

A vacina deve ser inoculada em crianças e adolescentes com comorbidades, que são aquelas que têm doenças ou condições prévias que agravam a Covid-19. A imunização será em duas doses, aplicadas em um intervalo de 28 dias. A dose é a mesma usada em adultos, sem adaptação de versão pediátrica. 

Para a organização das estratégias de vacinação em crianças e adolescentes com a CoronaVac em Minas Gerais, a SES-MG informou que vai divulgar na segunda-feira os documentos técnicos com as recomendações para a vacinação no Estado em consonância com a Nota Técnica 6/2022, do Ministério da Saúde.  

Em suas redes sociais, o governador Romeu Zema (Novo), já tinha informado, mais cedo, que Minas Gerais irá vacinar crianças com os imunizantes Coronavac e fez um apelo aos pais e responsáveis.”Por favor, vacine", pediu o governador pelo Twitter. 

Com a distribuição das doses da CoronaVac, o Estado estima que cerca de 200 mil crianças sejam vacinadas de imediato com a 1ª e 2ª doses. 

Com mais de 26 mil novas confirmações nas últimas 24 horas, Janeiro já é o mês com o maior número de pessoas infectadas desde o início da pandemia, em março de 2020.

Leia mais 

Ômicron e relaxamento no isolamento favorecem reinfecção por coronavírus; vacina atenua sintomas

Explosão de casos de Covid reforça importância do uso correto de máscaras; veja as mais eficientes