Prefeitura de Betim, na Grande BH, deixará de cobrar o Imposto Territorial Predial Urbano (IPTU) de moradores que foram atingidos pelas chuvas e que tiveram o imóvel danificado. A medida tem como objetivo ajudar os contribuintes que tiveram suas casas alagadas, inundadas ou que apresentaram danos estruturais.

Nesta sexta-feira (21), a Prefeitura publicou um decreto com a isenção de até 100% do valor do IPTU.

A estimativa é que pelo menos cinco mil imóveis foram atingidos pelas chuvas na cidade. Desse total, segundo o governo municipal, apenas 6% se enquadram nos critérios para a isenção do imposto em Betim.

A Prefeitura informou que, na próxima semana, irá apresentar os detalhes sobre como ocorrerá o processo de isenção.

Conta de luz parcelada
A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) também está oferecendo condições especiais para os atingidos pelas chuvas. Em todo o Estado, a estatal permitirá o parcelamento de contas atrasadas para os clientes de baixa tensão (usam até 220 volts).

O consumidor poderá solicitar o parcelamento das contas de energia atrasadas em até 12 vezes, sem juros, nos canais digitais da Cemig. Para as unidades consumidoras inscritas no Programa Federal de Tarifa Social de Energia Elétrica, o pagamento poderá ser feito em até 24 parcelas mensais, também sem juros.

Leia mais:
Minas tem quase 400 cidades em situação de emergência por causa das chuvas
Governo libera mais R$ 418 milhões para rodovias atingidas por chuvas em Minas e outros 13 estados