Belo Horizonte já realizou mais de 600 teleconsultas para moradores com sintomas respiratórios em 2022, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O serviço foi retomado pela Prefeitura em 6 de janeiro e funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Para agendar uma teleconsulta, é preciso ter mais de 18 anos e estar cadastrado em um Centro de Saúde da capital. Quem ainda não tem cadastro pode comparecer a uma das 152 unidades da cidade e realizar a inscrição.

Com o cadastro efetuado, a pessoa deve acessar o site da Prefeitura ou o APP PBH, para smartphones, e agendar a consulta. No dia e horário escolhidos, basta entrar novamente no sistema e receber o contato do médico por chamada de vídeo.

A partir do diagnóstico, o paciente poderá receber orientações de isolamento e receitas de medicamentos que serão disponibilizadas via e-mail informado durante o cadastramento no Centro de Saúde.

Segundo a SMS, nos primeiros dias, foram disponibilizados 60 atendimentos diários em BH e, ao longo do tempo, o número já chegou a 132.

A Prefeitura afirma que a ampliação no número de consultas é feita de forma gradativa.

Leia mais:
Farmácias da Grande BH pedem até 4 horas para entregar teste de Covid que demorava 15 minutos
BH triplica número de escolas que vão aplicar vacina infantil contra Covid-19; confira endereços