A Secretaria de Estado da Saúde (SES/MG) divulgou neste sábado (15) o boletim epidemiológico, que monitora a pandemia da Covid-19. O relatório chama a atenção pelo aumento de casos registrados nas últimas 24 horas: foram contabilizados 19.153 novos casos positivos para a doença, além de 19 mortes.

Trata-se do maior número de novos casos positivos desde a virada de 2022, e que indica uma aceleração da pandemia no Estado, após um período de queda. Na sexta-feira (14), a SES contabilizou 18.910 novas confirmações para Covid-19. Número semelhante ao anotado em 12 de janeiro, quando foram contabilizados 18.153 novos registros.

Mortes

O número de mortes (19) do boletim deste sábado foi o segundo maior registrado neste ano, ficando abaixo apenas dos 23 óbitos contabilizados na sexta-feira (14). O único dia em que não foram registrados falecimentos neste ano, em Minas, por Covid-19 foi na última segunda-feira (10). 

O boletim não informa possíveis fatores que possam justificar o aumento de casos positivos e também de óbitos. No entanto, especialistas têm associado o aumento de casos à presença da variante Ômicron e às festas de fim de ano. Já se fala que o país vive uma nova onda de Covid-19.

Na sexta-feira (14), o governador Romeu Zema (Novo) convocou coletiva em que demonstrou apreensão sobre o aumento de casos no Estado. Zema disse que a variante Ômicron exige que a população mantenha os cuidados de higiene e distanciamento social, além de cobrar a busca pela terceira dose da vacina contra o novo coronavírus.“Muitas pessoas estão esquecendo de procurar essa dose importantíssima e fundamental. Ela melhora a imunização porque é uma terceira dose diferente das duas primeiras”, explicou.