Começou na manhã desta sexta-feira (14) um mutirão para limpeza e readequação das ruas atingidas pela chuva em Betim, na Grande BH. De acordo com a Defesa Civil municipal, quase dez mil moradores estão desabrigados ou desalojados e 28 vias ficaram interditadas, pela forte chuva que atingiu a região na última semana.

A ação envolve cem profissionais, além de seis máquinas e oito caminhões. As famílias atingidas também podem atuar na ação, retirando entulhos de dentro de casa para que equipes da limpeza urbana façam a coleta e a destinação dos resíduos. Em aproximadamente uma semana, ainda houve 46 árvores caídas que foram retiradas das ruas.

Para a limpeza dentro das casas, as famílias atingidas receberam um "kit limpeza" entregue pela prefeitura, além de orientações para higienização correta das residências. Depois disso, a Defesa Civil fará novas vistorias  para autorizar ou não o retorno das famílias aos imóveis.

Ao retornar para a residência que foi alagada, os moradores precisam verificar se a energia está desligada. De acordo com o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares, é fundamental realizar uma vistoria nas instalações elétricas, antes de ligar a energia. “A água pode entrar na tubulação elétrica e, por isso, a população precisa contratar um eletricista experiente para realizar essa vistoria, tanto nas instalações quanto nos equipamentos”, alerta.   

Confira outras dicas para evitar acidentes com a rede elétrica, no caso de alagamentos:

  • Não encoste em postes ou estruturas elétricas para se proteger das inundações
  • Nunca toque em aparelhos elétricos com as mãos ou os pés úmidos
  • Não tente desligar ou religar energia da rede elétrica da Cemig por conta própria
  • Não tente carregar aparelhos móveis como celulares em locais úmidos
  • Se houver a necessidade de utilizar o telefone durante as tempestades, a melhor opção é o aparelho sem fio ou o celular, desde que o mesmo não esteja conectado na tomada
  • Evite a permanência em lajes altas ou locais descampados, ​pois o mais comum é que as descargas atmosféricas caiam em locais mais altos
  • Jamais se abrigue embaixo de árvores e evite o uso do chuveiro elétrico
  • Tampas de caixas d’água, telhas, totens e quaisquer outros materiais que podem ser levados com o vento devem ser bem afixados para impedir que atinjam pessoas, veículos e também as redes elétricas
  • É importante acompanhar a previsão meteorológica e, em caso de tempestades, evitar sair de casa

Balanço

Entre o dia 7 e esta sexta-feira, o município registrou 1.658 chamados decorrentes das fortes chuvas - os bairros Citrolândia, Nossa Senhora de Fátima e Teresópolis são os mais afetados. O rio Betim e a represa Vargem das Flores também verteram, o que provocou danos em outras regiões, como Norte e Centro - atingindo os bairros Vila das Flores e Nossa Senhora de Fátima.

Leia mais:
Minas contabiliza mais de 9 mil desalojados em 24h; até agora, quase 36 mil já deixaram suas casas
Com quase 19 mil doentes em 24h, Minas bate recorde de casos da Covid-19