Dois shows foram adiados em Belo Horizonte em função do aumento de casos de Covid-19 no Brasil. Nesta semana, a Fundação Clóvis Salgado, responsável pelo Palácio das Artes, anunciou o adiamento das apresentações do cantor Lulu Santos e da Orquestra Petrobrás Sinfônica, que iriam ocorrer no fim deste mês. As novas datas ainda não foram divulgadas.

Em suas redes sociais, o cantor carioca publicou um vídeo em que contou que oito membros da equipe testaram positivo para a doença, depois de participar de dois shows no início do mês. As apresentações do Lulu Santos seriam nos dias 28 e 29 de janeiro na capital mineira, no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes.

Em uma das postagens o cantor escreveu: “É por todos nós! Por conta do avanço de casos positivos de Covid 19, decidimos adiar os shows de Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Salvador, que aconteceriam em janeiro e fevereiro”.

Nesta quarta-feira (12) a Orquestra Petrobras Sinfônica também utilizou as redes sociais para anunciar o adiamento de três apresentações que aconteceriam em Refice, Brasília e Belo Horizonte, nos dias 19 e 20 deste mês. Na publicação o grupo justificou que o motivo do adiamento é devido ao aumento dos casos de Covid-19 em todo o país e visando o bem-estar do público, músicos e equipe. “Torcemos para que o cenário se normalize o mais rápido possível e que possamos nos encontrar em breve. Contamos com a compreensão de todos”.

Tambémj nesta semana, outros artistas cancelaram shows por todo o Brasil. O mineiro e vocalista Samuel Rosa, da banda Skank, por exemplo, testou positivo para a Covid-19 e o grupo precisou cancelar três shows em Santa Catarina, no Sul do país.

Leia também:

Samuel Rosa testa positivo para Covid e Skank cancela shows
Deslizamento de terra em Ouro Preto destruiu casarão histórico de estilo colonial do século 19