Uma criança de 11 anos morreu soterrada dentro de uma casa em São Gonçalo do Rio Abaixo, na região Central de Minas Gerais, no fim da noite de segunda-feira (10). Desde a última semana, o município registra alagamentos em decorrência das chuvas que atingem o Estado.

A Polícia Militar foi acionada para o local, na zona rural da cidade, ainda de madrugada. Com apoio do Serviço Voluntário de Resgate (Sevor) de João Monlevade, os militares chegaram até a casa onde estavam pai, mãe e duas filhas. 

O corpo da garota de 11 anos foi retirado dos escombros e levado ao Instituto Médico Legal (IML) em Itabira. Os outros três familiares não se feriram com gravidade, sendo levados a um hospital próximo para exames.

De acordo com balanço da prefeitura da cidade, cerca de três mil moradores estão desabrigados. Na manhã desta terça-feira (11), a barragem da Usina de Peti, que fica a menos de 100km da cidade, opera com 75% do volume útil, segundo a Defesa Civil municipal. A recomendação do executivo é que as pessoas não retornem para as casas e comércios, e se mantenham em local seguro.

Leia mais:
Rodovias mineiras têm 112 pontos de interdições totais e parciais na manhã desta terça; saiba onde
Destruição e medo trazidos por temporais provocam cancelamentos e prejuízos ao setor de turismo